Notícias

UM MOTOCICLISTA NA GARUPA

 
Após mais de 50 anos pilotando, tive minha primeira experiência de viajar na garupa.

Tendo operado o ombro e impossibilitado de pilotar por meses seguidos, não via a hora de sentir o vento, a vibração do motor sob minhas pernas, a sensação de liberdade que sabemos não existe igual à proporcionada pela motocicleta.

Após fazer dois meses de intensas seções de fisioterapia, lembramos com saudade como é prazerosa a liberdade nas estradas, o prazer das curvas, até da chuva batendo sobre o capacete.

Um dia desses um “anjo” me ligou do Rio dizendo que passaria em casa para uma rápida visita. Fiquei muito alegre, meu amigo estava saindo de viagem e seria bom além de calorosamente abraçá-lo poder conversar sobre nossa paixão, o motociclismo.

Experiente viajante, Eduardo sempre pilotou com maestria sua BMW, em poucas horas ele estava chegando a Taubaté, e você certamente conhece a “eletricidade” criada no encontro de dois motociclistas bem viajados, amigos e sempre com sede de estradas...


Gugu, vamos comigo fazer um passeio pelo interior?
R- De garupa... nem sonhando !!!

Conversa vai, conversa vem, ele foi me instigando... conversamos até tarde e resolvi que faria uma nova aventura no motociclismo, tal foi a firmeza de suas palavras e a vontade de proporcionar ao amigo enclausurado algumas horas de prazer sobre uma motocicleta.

Depois de tantos anos e quilômetros rodados pilotando solo por diversas estradas, cidades e países, seria uma experiência diferente uma viagem como garupa do Eduardo.

Partimos no dia seguinte de Taubaté em direção a Rio Claro, pela via Dutra, Carvalho Pinto, D. Pedro I, Anhanguera e Washington Luís.


Minha nossa, que diferença!!!

Pilotar é uma coisa, garupa é outro mundo... uma sensação de dependência, uma posição estática, inoperante, em constante suspense...

Nos primeiros quilômetros, ainda dentro da cidade, quase pedi para voltar para casa e seguir para minha seção de fisioterapia, mas ao entrar na Dutra, a confiança que o piloto e a moto me transmitiram já era enorme, comecei a relaxar e a curtir, depois de três meses sem sentir o prazer de rodar de moto, é uma sensação indescritível.

Na Carvalho Pinto já me sentia um co-piloto, termo que o Eduardo sempre fez questão de repetir. Nunca pensei que fosse curtir tanto; a BMW é uma moto que não curto, mas transmite muita segurança, e o Eduardo é extremamente cuidadoso e competente em sua pilotagem, visto que depois de milhares de quilômetros nunca teve um acidente sequer, assim como eu.

Você já carregou na garupa de sua moto um amigo de 100 kg por 600 km?

Você já imaginou a vontade que eu estava de sentir a sensação de liberdade, a aceleração, as ultrapassagens, o vento? Imagine a responsabilidade e o cuidado ao carregar um amigo ainda em recuperação de uma cirurgia de ligamentos do ombro?

Bem, foi um prazer, uma realização, a melhor coisa que me aconteceu nos últimos meses, o cuidado que ele teve comigo, sempre indagando com o polegar esquerdo virado para cima se eu estava bem, confortável. Sua preocupação e gentilezas não tenho como descrever...

clique na foto para ampliá-la
Na ida ele foi tocando leve numa batidinha de 120/140 e nos pedágios entregava um saco plástico transparente com notas e moedas nas cabines e sorrindo e dizia: - “Sirva-se, por favor”, todos os atendentes sorriam, retiravam a quantia necessária e recolocavam o troco e o recibo no saco – uma forma muito prática e simpática de pagar pedágios.

Meu cérebro liberou grandes descargas de emoção: adrenalina, endorfina e dopamina, deixando-me preparado para a luta ou para a fuga, capaz de amortecer a dor e pronto para o prazer.

Na volta eu senti o que é realmente o motor dessas BMW... impressiona.

Na vida ninguém joga com cartas marcadas, e a gente tem que aprender a perder e a ganhar

Nessa pequena viagem que ganhei de presente, tive uma marcante experiência, uma lição como se deve tratar o garupa, sempre cercado de cuidados e gentilezas, foi uma aula de cortesias, nem sei se eu merecia tanto.

Definitivamente a garupa da BMW GS 1200 ADV não foi projetada para minha estatura e peso, o calcanhar encosta nas malas laterais e o pedal não apoia os pés devidamente, cansando as pernas e enroscando na calça do piloto.

Foi uma experiência fantástica

Diferente, mesmo eu estando ainda fragilizado, mas devido à generosidade e a atenção do Eduardo, curti muito essa minha nova experiência no motociclismo.


Obrigado amigo, um dia a gente cria juízo.

Otavio Araujo – Gugu
71 anos, motociclista a mais de 50.


_____________________________________________________________________________________________________
Amigo Gugu,

Quero te dizer que foi uma honra ter a sua pessoa como "copiloto".

Desculpe pelo desconforto na sua acomodação ao banco traseiro em razão do seu porte físico.
Amigo, você é uma excelente companhia, e como um exímio motociclista, não poderia deixar de se comportar diferente como "copiloto".

A próxima estrada, você vai estar na sua moto e pilotando. Estamos todos torcendo para a sua rápida recuperação.

Abraço forte!

Eduardo Wermelinger

 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (71)

2/2/2017 19:52:45
ZVK4DXPZM
WOW Manyn...Congratulatiods on your 25th Wedding Anniversary..Wishing you many more happy years together..Thank you for the chance of winning this gorgeous romance/love candy..Off to pop a pic on my sidebar.. (already a follower)Have a good day..Hugs Kelly
 
13/6/2016 10:00:51
JANAINA MININEL
Como não admirar você Eduardo.
Bela história de companheirismo e amizade.
Espero que o Gugu se recuperou e voltou para a estrada.

Abraço!!



 
25/5/2015 23:57:18
ZENIRA RAMOS
Linda sua atitude e seu companheirismo Eduardo.
Fantástica essa aventura de vocês.
Um grande abraço.
 
6/1/2014 17:50:18
ATILA FONSECA
Gugu e Eduardo

É de gente assim que o mundo precisa. Inovadores. Sempre inventando e reinventando as coisas. Mantendo a mente renovada.
Admiro vocês, meus amigos !
Abração.
 
27/12/2013 23:04:02
ZC JACARE
GRande Gugu, não nas dimensões fisicas mas na meninice que sempre aflora em vc.

Nesta situação voce demonstrou toda aventura que uma simples viagem pode conter. O que, para muitos seria uma simples ida a algum lugar, nas suas linhas serviu de filosofia para quem sabe apreciar, e aproveitar da vida, seja em qualquer situação.

Grande abraço e feliz e venturoso ano de 2014.
 
20/12/2013 12:03:29
GUILLERMO GODOY
Amigo Gugu, parabéns pela sua nova condição motociclística. Isso aumentou a admiração que já sentia pelo amigo. Considero muito bom, muito esclarecedor, se transformar em carona pelo menos uma vez na vida. Isso é fundamental para saber como devemos nos comportar na condução da moto, toda vez que temos a grande responsabilidade de levar alguém na garupa. Grande abraço meu caro amigo...
 
19/12/2013 09:10:31
OLAF EWALDO ZSOLDOS
GUGU, posso somente dizer que você pela sua respeitavel experiência de viagens sobre duas rodas, foi muito corajoso não desmerecendo a habilidade do amigo e companheiro Eduardo, porem já tive a oportunidade de polcas vezes ocupar este lugar e sinceramente não gostei. Seria até bom todos motociclistas passarem por essa experiência por que somente assim aprenderiam a respeitar o garupa. Parabéns a você GUGU pela coragem e ao AMIGO EDUARDO pelo respeito com o carona.
 
17/12/2013 12:18:56
JOSÉ CARLOS PONTES
Que bela viagem !...ainda mais na companhia de um amigo do peito. Parabéns para a corajosa dupla.
Abraço.
 
17/12/2013 09:44:04
LOMANTO LACERDA
Nunca gostei de andar na garupa de nenhum piloto, pois toda vez que isso acontecia os pilotos esqueciam que eu estava atrás e o desconforto era muito grande. Sua crônica vai ficar guardada nos meus arquivos, pois é mais uma daquelas pérolas raras que relatam o motociclismo pelo melhor lado dele; o lado humano, do companheirismo, da amizade, da nossa existência em um mundo que não é habitado só pelo "eu"! Parabéns, o motociclismo agradece, belo texto.
 
16/12/2013 01:10:53
OLLIVEIRA
Grande Gugu, parabéns por esta aventura relatada. Apesar da experiência do nosso amigo Eduardo, não posso deixar de dizer que foi um ato de extrema coragem viajar 600 km na garupa. Parabéns tbém ao Eduardo, pilotar com garupa é diferente de pilotar solo.
Como diz o Renato Lopes, forte moto abraço.
 
12/12/2013 16:32:31
RAFAEL TRAMONTINA
Gugu os meus parabens por nos repassar este seu incentivo com o motociclismo, mesmo que seja no ponto de vista do garupa.
 
10/12/2013 09:04:35
LAURO VIANNA
Mestre Gugu,
parabéns pela proeza. Talvez eu não teria a mesma coragem, mas, por tratar-se do Wermelinger pilotando, aí são outros quinhentos. Parabéns a DUPLA pelo belo exemplo de companheirismo.
Abraços
 
9/12/2013 20:41:54
MARCELO MOREIRA RIBEIRÃO PRETO
Caro Gugu, realmente a aventura deve ter sido fantástica!!!! Duas enciclopédias do motociclismo/aventura juntos, é como unir muita experiência e boa companhia, com certeza!!!!! Abs/ Marcelo
 
9/12/2013 10:47:29
MARCELO BH
Grande Otávio,

Muito legal seu relato... Puxa,, Eita coragem heim..

Este relato exemplifica exatamente o espírito do motociclismo que está na cumplicidade e companheirismo entre amigos.

"Ter amigos motociclistas não é ter com quem competir e sim ter com quem chegar junto ao destino"

Neste caso bem juntos né rsrs

Forte abraço
 
4/12/2013 11:05:34
CEZINHA
show, show e show, eu mandei o texto para meu pai, pois pensamos em dar um rolezinho no ano que vem, ele na minha garupa do mato grosso até são paulo.

Gugu, moto é moto, é gostosa em qq posição, numa pode ser melhor que a outra, mas não deixa de ser gostoso.

Marca uma agora p ir no side car kkkkk

abraços o fã.

Cezinha
 
2/12/2013 08:10:50
CESAR PINDA
Garupa só com muita confiança no piloto e isso não faltou pela narrativa
 
1/12/2013 13:16:40
JOSÉ HAROLDO QUINOLE
O nobre a fraterno amigo Gugu é um exemplo raro para que os motociclistas entendam de forma real o espirito dos verdadeiros amantes pelas duas rodas, parabéns amigo e que Deus te abençoe.
 
30/11/2013 15:28:10
CARLOS
Muito bom, já vi alguns casos de motociclistas em viagem, que se machucaram e conseguiram um piloto pra tocar a viagem em frente, durante muitos dias de garupa mas, a gentileza do teu amigo foi impressionante.
Pretendo sair dia 08 ou dia 14 de dezembro pra Argentina/Chile, eu viajaria solo, mas apareceu de última hora o Gustavo de Chapecó/SC, acho que ele vai me acompanhar.
Boa recuperação e volte logo pra estrada.
Até mais,
Carlos (www.comdestinos.com.br)
 
30/11/2013 08:21:19
CLAUDIO MARQUES CMOTOS RACING SUSPENSION
Parabéns amigo e muito orgulhoso de fazer parte de sua história com Nosso amortecedor feito de acordo ao seu peso, suas viagens pelas estradas devem ser muito divertidas pois vejo que sai para passear como se fosse na padaria ao lado,rsrsrs!. É isto ai amigo,PRAZER em VIVER.!!
Ate mais do amigo das Suspensões especiais Cmotos.
Claudio marques.
 
29/11/2013 20:47:11
CARLOS SEMEGHINI
Nossa, mais uma vez você se reafirma como uma fonte de inspiraçâo. Parabéns Gugu por mais essa realizaçâo, estou de orelha em pé esperando notícias de sua próxima aventura.
Um grande abraço.

Carlos
 
29/11/2013 17:45:13
KORONEL
CARO GURU (s): piloto para andar na garupa tem que ter aquilo roxo, tem que confiar 100% no cara que está na condução. Mas confesso que fiquei supreso foi pela iniciativa, esse é o outro lado da moeda, não tinha lido nada a respeito do piloto se transformando em co-piloto. Deve ser horrível. Entre viajar de moto ou de avião, eu prefiro de moto, mas na garupa, optaria pela opção dois. Mas essa tua incursão pela garupa na moto, ainda vai dar muito o que falar, imagino como ficariam as fotos que são belíssimas, sendo tiradas pelo caroneiro gugs, de todos os ângulos imagináveis. Cara tu fez uma arte e essa arte certamente será imitada por poucos motociclistas, pois nem todos tem a tua coragem. Ft abraço, mano.
 
29/11/2013 10:21:37
ARMANDO M.SENATORE
Caro Gugu, quanto tempo!!!! fiquei surpreso ao receber teu e-mail e contente de poder saber que continuas um verdadeiro aventureiro e cheio de energia, agora ainda mais com um currículo invejoso, incluindo mais essa experiencia como "copiloto". Torço pela sua recuperação assim poderá voltar a ocupar o lugar principal; como piloto e te parabenizo pelo seu sucesso.
 
28/11/2013 19:30:56
ALEXANDRE MARCHIONATTI HOEFLING
Prezado Gugu! Agradeço por teres me enviado mais uma página (agora inédita como garupa) deste seu livro da vida vasto e cheio de exemplos inspiradores aos amantes do motociclismo! Observei tbém que vc além de exímio conhecedor de motos tbém está se aventurando no campo dos neurotransmissores...rsrsrsrs. Aqui tudo segue numa espécie de placidez interiorana...arrendamos o Hotel da Cuia....tenho ido com frequencia ao Uruguai (pô!..de Harley-Davidson...é óbvio,né Gugu?!)... enquanto "o ombro" e os demais ossos permitirem (rsrsrs) estaremos sempre exercitando esta paixão! No mais é muito trabalho no hospital e na clínica e a vida segue! Estimo sua melhora e aproveito para desejar à vc e a todos os seus "Bem-quereres" muita saúde,felicidades e boas festas! Grande abraço! Att Alexandre
 
28/11/2013 18:43:42
RUBENS CAMARGO CAPITÃO DEMOTO
Bom, pra quem viu o Gugu fritando ovos com uma mão só, estando a outra na tipóia, acompanhar esse relato, é, no mínimo surpreendente. E pelos comentários, tanto piloto quanto garupa fizeram uma das suas melhores viagens da vida. Certamente inesquecível! Tanto que pedi envio de uma cópia da foto. heheheheh! Forte e fraternal abraço do Capitão DEMOTO
 
28/11/2013 15:13:50
ANTONIO BRAGA
Nao é qualquer que depois de rodar por millares de kms. tome a decisao de ocupar o dificil e importante lugar de garupa... A confiança no piloto é fundamental para o bom éxito de uma viagem... Espero que regresse pronto à pilotagem das motos que tantas satisfaçoes lhe à dado.. Abraços Cordiais..
 
28/11/2013 12:05:24
ADEMIR GOULART
Gugu, parabéns pelo relato tão bem escrito como é de seu padrão. Eu sempre viajo com a minha esposa na garupa e não tinha parado para pensar como é a viagem no banco de traz... Relato de um garupa é novidade e assim sempre aprendemos um pouco mais. Rápida recuperação e parabéns ao Edu por propiciar este passeio "caronistico"...
 
28/11/2013 11:48:05
ANDRE KANO
O nome do ilustre viajante saiu errado, é Miragaia Rene Angelino.
As minhas desculpas à pessoa envolvida.

AK
 
28/11/2013 11:44:52
ANDRÉ KANO
Grande Gugu!!
Vc me faz lembrar o Miragaia Rena Angelino que pegou estrada e fez sozinho com uma Yamaha desde Ushuaia até Yukon quando tinha 73 anos!!! Eu tive o prazer de ser seu colaborador nos anos 70 em São Paulo trabalhando na minha 1ª agência.

Desejo a vc rápida recuperação e que Deus o abençoe por estas estradas da vida.

Um big abraço daqui de Portugal.
André
 
28/11/2013 11:18:43
ARTUR ALBUQUERQUE
Parabéns, Gugu. Pelo amigo, que se mostrou uma joia rara, e pelo seu aprendizado. É um exercício de confiança e humildade o piloto se colocar na condição submissa de "copiloto" ou garupa. Na minha Electra, a minha esposa é a Navegadora, pois além de pilotar, participa ativamente.
Gostei do texto e parabéns pela boa elaboração e leveza com que você transmite mais um ensinamento. Obrigado. Abraço.
 
28/11/2013 10:56:19
ALAN ZYDOWICZ
Parabéns, creio que posso considerar uma "Quebra de Paradigmas". Todas as mensagens fantásticas, um exemplo de motociclismo fraterno, não tem como não ler todas. Curitiba, Pr.

 
28/11/2013 10:02:48
ALEX AGUILAS DE LA FRONTERAIGUAZU
Gugu. A primeira reação e te parabenizar pela quantidade de pessoas que gostam de você, isso meu amigo e a maior fazanha. Estou tambem com mesmo problema no ligamento, mais graças a Deus não quebrou e estou na fisioterapia, mais quando viajo de moto passa a dor !! Parabens aos dois, e Edu voçê fez um grande ato, deve ser também um grande homen ! Abraços, Alex
 
28/11/2013 09:12:30
ABEL SIDNEY
Garupa?!

Gugu é uma lenda vida do motociclismo tupiniquim.
Amável e gentil criatura, ele não é de fazer loucura
Ruptura nos ligamentos, ferido no ombro, o que fazer?
Umas fisioterapias, disseram-lhe, para acelerar a cura!
Pensa que ele desobedeceu?! Comedidamente se curvou...
Aventura! Ouviu o seu chamado. Livrou-se da clausura...

Um acróstico aí para celebrar o feito! Grato pela partilha. Viajei junto e torço pela sua breve e plena recuperação.

Um abraço amazônico,
Abel
 
27/11/2013 18:50:37
JORGE OCTAVIO LIMA
Gugu o meu elogio a sua pessoa e a iniciativa do Edu.
Fatos interessantes. Gugu, você nunca andou de garupa, e pelo que conheço do Edu, também nunca levou ninguém na garupa. De todas as vezes que encontrei o Edu, ele sempre sozinho, e sequer usava na moto o banco de traz.
Saudações aos dois amigos.
 
27/11/2013 00:34:04
SYLVIO BOB JR.
Tá aí, uma dia também gostaria de ser garupa pelo menos por um dia!...Rrssrrs!
 
26/11/2013 22:23:48
SERGIO GORETKIN
É Gugu só mesmo teu texto pra transformar uma garupa em algo palatável !
Melhoras !
 
26/11/2013 22:08:38
ADRIANA MOREIRA
Estou muuito feliz com a recuperação do Otávio, está frequentando minhas aulas de alongamento, com um excelente desempenho.
Não sabia dessa aventura (risos)....!!! Bacana.
 
26/11/2013 12:54:12
RENATO LOPES
Caro amigo Gugu e Eduardo, saudações.
Que maravilha de parceria motociclistisca! Muito bom ver vc Gugu novamente motocando, mesmo que na garupa. Mas tinha de ser uma BMW. Vc não admite mas sabe das qualidades da alemos rssss. E tb já tive essa experiência com o ¨maluco¨ do Beto Sampa, uma loucura ... Bom ver que vc esta bem, logo estará pronto para pilotar sua própria moto.
Parabéns aos dois amigos pela trip. Fraterno motoabraço.
 
26/11/2013 08:00:48
DALÍ MDEO. URUGUAY.
Amigo Gu-gú, una alegría enorme, saber que reiniciaste las andadas en moto, y solo bos podrías entrar por la puerta grande, subíendote al Rolls Royce de las motos, algún día o talvez ya la estés hechando de menos,krkrkrkrkr. Sin dudas una experiencia inolvidable que un día, deberíamos disfrutar todos. Un abrazo a Marcio y nos alegramos mucho por tí. Como vez cambie la dirección de e-mail, tenlo en cuenta, y cuenten con nosotros siempre. Dalí Tironi y familia.Montevideo.
 
25/11/2013 21:27:32
DALIZULLY
HOLA GUGU!!! QUE OSADO!!! REALMENTE TODO UN AVENTURERO.PUES YO SE LO QUE ES IR EN LA GARUPA DE UNA BMW!!! AÑOS Y AÑOS ATRAS DE DALI,PERO NO TENGO TU PROBLEMA CON LAS PIERNAS JAJA!!! PORQUE SERA NO? UN FUERTE ABRAZO AMIGO Y ME ALEGRO QUE TE HAYAS DIVERTIDO.MIS FELICITACIONES A TU PILOTO!!! Y MIS CARIÑOS A MARCIA. BESOS DALI-ZULLY DALI JUNIOR
 
25/11/2013 19:17:22
SONIVALDO VIEIRA LEITE
Grande Gugu, parabéns pela coragem. Sei quanto é duro sair do comando e passar a copiloto e em especial nesse maravilhoso veículo que tanto amamos. Parabéns meu amigo. E que a sua recuperação seja rápida para que você retorne ao comando de sua nave.
 
25/11/2013 12:15:06
NOELLEN
Admirável!!!

Na vida estamos em constante aprendizado, sempre!!!

Parabéns aos dois, tanto pela garra quanto pela amizade :-)
 
25/11/2013 12:12:24
PEDRO HENRIQUE
Gugu, te conhecendo como conheço, tenho certeza que andar na garupa e em cima de uma BMW, mostra que voce realmente saiu da sua zona de conforto !! Voce pode guardar uma frase que sempre uso:
" quando foi a ultima vez que voce fez uma coisa pela primeira vez?"
Como a vida ensina hein??....abs e saudades
 
25/11/2013 11:38:25
ZÉ ARMANDO
Muito bem, o Beto Sampa já havia conseguido a outra proeza de fazer Gugu viajar longe e "non solo". Agora, mais esta do Gugu na garupa do amigo. Sem duvida, um desafio para quem sempre viveu no assento da "1ª classe".
Gugu, aguardamos sua muito breve recuperação.
Zé Armando
 
25/11/2013 10:43:24
JOAO A. G. DE AZEVEDO.
Grande "GUGU", tú é o cara hein!!!!!!!!!!!!!! que loucura, muito boa essa história, legal mesmo, felicidades e melhoras meu amigo. Cada história sua, aprendemos um pouco mais sobre o motociclismo. Forte abraço, João Azevedo - JUQUIRI MG.
 
25/11/2013 10:15:08
BETO SAMPA
Grande amigo e Fundador do AME-BR GUGU
Meu você e demais, espero chegar a sua idade com essa coragem.
Tive o trazer de viajar com você para o Uruguai, vi como pilota que por sinal aprendi e muito.
Agora como co-piloto é o máximo.
Abraço e vamos que vamos juntos e misturados.
 
25/11/2013 09:57:16
ALBERTÃO
Esse é o OTAVIO escrevendo a sua historia de vida.
Muito bem!!!!! e parabéns ao Eduardo que conseguiu a proeza tripla como comenta o Willian.
 
25/11/2013 09:21:12
LAURO FALCO PINTO
Grande Gugu!

Que delicia essa sua aventura, somente mudando de posição, indo para trás! Já fiz isso e senti uma nova sensação, ao início, medo e insegurança, mas ao passar o tempo e conhendo o piloto experiente que vc foi, no meu caso, relaxei e curti a viagem!
Na vida queremos ter o poder de voto decisivo, mas as vezes ela, (a vida) decide por nós e somos passageiros...
Desejo que se recupere logo e possa fazer novas viagens com O Eduardo um em cada moto, curtindo o voto de decisão.
Grande abraço e saiba que ainda continua devendo uma visita à Itapetininga.
Lauro
 
24/11/2013 11:34:03
ZÉ RICARDO
Que história legal! Relato incomum nas páginas de motociclismo, que sempre fazem foco na experiência do piloto. E haja confiança, hein Gugu! Viajar na garupa pela primeira vez, logo quando estava recém operado?
Parabéns pelo texto e por compartilhar tudo isso com os amigos.
 
24/11/2013 02:42:29
EDUARDO
Otavio, un gusto de saber que va todo bien
Me cuesta un poco entender todas las palabras en portuguez
Pero note que ya anduvo en moto de acompañante
Le mando un gran abrazo
espero todo pase rápidamente
Cariños a Marcia
 
24/11/2013 00:57:58
MARTINA
Voce não para hein... Se não pilota vai na garupa! Espero que eu tenha herdado essa genética. Bjão Martina
 
23/11/2013 23:47:31
ROBERTO MENESCAL
Gugu, não o conheço pessoalmente, mas o que temos de amigos em comum, já me sinto íntimo da sua pessoa, e quero te parabenizar o quanto com a sua mestria, nos traz mais um ensinamento do sentido de renovar.
Como bem disse o amigo Marcelo Dourado, mesmo eu com os meus 57 anos, quando crescer, quero ser igual a você e ao Edu.
Obs.: Um dia você vai amar a BMW... rs.
Abraços
 
23/11/2013 22:37:35
PEDRO ERNESTO SALERNO RIBEIRO
Esse camarada Edu é mágico,porque conseguiu fazer o Gugu andar de BMW.
 
23/11/2013 22:35:17
MANOEL MOURA
No século passado, quando iniciei-me no motociclismo com uma cinquentinha, o que inicialmente mais me impressionou foi perceber que eu sempre era cumprimentado por todos os demais motociclistas, independentemente do porte da moto que cruzasse comigo. A magia desse companheirismo me contagiou e, dentro das possibilidades, eu procuro manter e difundir essa atitude. Esse relato do Gugu e Eduardo é um franco testemunho desse cavalheirismo desinteressado entre dois motociclistas. Cabe agradecer a ambos por compartilharem conosco essa emocionante experiência.
 
23/11/2013 20:58:37
RAPHAEL KARAN
Caro Gugu, há um belo poema atribuído a Neruda ou a Martha Medeiros - não importa, que diz: "... Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ..." Parabéns por ousar.
Abraços.
 
23/11/2013 18:54:10
EDSON RODRIGUES PMRV SP
Parabéns meu amigo e mentor.
É sempre muito prazeroso ver seu entusiasmo e poder compartilhar com outros amigos seus relatos que me enchem de vontade de viver mais e mais a cada dia.
Que Deus continue lhe concedendo toda essa vontade de viver.
Abraços com Saudades
 
23/11/2013 18:28:15
BENE
Grande Gugu és ainda um menino descobrindo o mundo e ensinando sempre como adulto.
Abs ,espero ter o seu entusiasmo sempre
 
23/11/2013 16:59:23
FÁBIO CANCELA
Bom exemplo, para ser seguido.
 
23/11/2013 16:30:35
FERNANDO PEDROSO
Grande amigos Gugu e Edú,
só quem confia muito vai na garupa, grande exemplo o de vcs dois, exemplo de confiança, de parceria e de desprendimento, o Bernd me disse que quando voces chegaram em São Carlos ele não acreditou, só faltou ele no guidon, sabe que ele saiu de um grande acidente e aonda não esta andando de moto, para mim voces são uns exemplos, parabéns e um grande abraço.
 
23/11/2013 12:42:59
WILLIAN NEVES
Bom Dia Edu e Gugu...

Edu tu é genial, conseguistes três fatos inéditos na vida do Gugu...

01 - Fazer ele andar na Garupa
02 - Fazer ele andar somente a 120km-h
03 - Fazer ele andar em uma BMW

E todas ao mesmo tempo...kkk

Assim que ele tiver com Ombro 100% tem que retribuir e andar na Garupa dele, no Jet....em Ubatuba...

Baita final de semana para dois...Grande abraço...
 
23/11/2013 11:49:53
DELCIO A. TONIN
A gente sempre acha que já viu tudo, mas as surpresas é que fazem a diferença. Como é bom ter amigos mesmo de "BMW" em Gugu, não deve ter sido fácil. Vocês estão de parabéns, é o minimo que eu tenho pra dizer.
 
23/11/2013 10:07:04
FERNANDO ZANFORLIN
Sem palavras para comentar, é muito bacana saber que idade não tem limites.
Uma amizade nasce como o vento e viaja pelo mundo. Grande abraço a ambos.
 
23/11/2013 09:22:54
RENATO VERSETTI
Grande Mestre Gugu, apesar de não conhecê-lo pessoalmente, tenho certeza que merece cada um desses presentes que a vida lhe dá. Por isso esta valiosa coleção de amigos. Parabéns, meu velho. Quem tem amigos, realmente tem tudo.

Abraço
v7
 
23/11/2013 06:51:18
MARCELO DOURADO
Quando crescer quero ser como vcs 2!!! Bela atitude de ambos! Motociclismo é exatamente isso. Parceria!! Abraços aos 2 e melhoras rápidas ao Gugu!!
 
23/11/2013 06:05:07
VÉIO PITI
GRANDE GUGU.
SEMPRE SURPREENDENDO.
PARTILHO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU COM TUAS OBSERVAÇÕES SOBRE GARUPA.
SEMPRE DIGO PARA A MINHA DEISE QUE ELA É A HEROÍNA NAS VIAGENS...NÓS PILOTOS SÓ CONDUZIMOS E ISSO É TUDO E NOS BASTA.
UM GRANDE ABRAÇO.
LARGOS HORIZONTES E BOAS ESTRADAS.
VÉIO PITI.
PRESIDENTE DA AMO-RS
MOTOGRUPO BICHO VÉIO- SOLEDADE-RS
BRAZIL RIDERS
 
23/11/2013 05:13:39
RÔMULO PROVETTI
Muito bacana, Gugu e Eduardo. Andar na garupa exige muito mais perícia que a maioria das pessoas imagina. O bom copiloto ajuda na condução da moto, facilita as manobras e torna o passeio muito mais agradável. Grande abraço nos amigos.
 
23/11/2013 00:50:03
POLICARPO JR
Karaca, Gugu... aumentou o número de estrelas em minha consideração com a sua história no motociclismo... assim como no carinho que tenho pela dupla de amigos. Parabéns a ambos pela iniciativa, motociclismo é isso... curtição, solidariedade, confiança, sabermos dividir e curtir novas experiências... Abração nos 2!!
 
22/11/2013 21:22:08
RUITER FRANCO
Tenho gde Admiração e respeito por estes 2 Grandes AMIGOS e Motociclistas.
Porém confesso ter ficado surpreso, em ver não o Gugu na garupa do Eduardo (risos), mas sentado e viajando em uma BMW (risos).
Porém fiquei feliz em saber que a viagem foi abençoada e que o Gugu, gostou de viajar com o Eduardo, mesmo que em sua garupa.
Parabéns queridos AMIGOS, pois vejo ai, um gde exemplo de União e Respeito reciproco, que são itens preponderantes em uma Irmandade que nos pretendemos dentro do Motociclismo Mundial.
Forte abraço aos 2.
 
22/11/2013 20:30:25
EMANUEL TORRES
Piloto andar na garupa é barra. rsrs
 
22/11/2013 19:15:51
ALEXANDRE ALCOFORADO
Gugu, tu és muito corajoso e sortudo meu brother! Vai andar com o Edu na terra fazendo um off road pra ver o que é adrenalina! kkk
Valeu Gugu. Apareçam aqui por Porto Alegre. Abs. Alex
 
22/11/2013 18:57:54
OSWALDO NEGRINI
Amigos Gugu e Edu, um dia quero conhecer vocês pessoalmente. Já escutei por aí muitas histórias de vocês dois.
Edu, muito legal a sua atitude, um verdadeiro exemplo de parceria.
Parabéns aos dois e não criem juízo.
 
22/11/2013 18:48:56
JOÃO CRUZ
É Otávio, nunca poderia imaginar que você fosse tão corajoso, a ponto de ocupar o distinto lugar doa garupa!!!!
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
CRHD
 abaixo