Africa Adventure

AS SURPRESAS ESCONDIDAS NO DESERTO KALAHARI

 
De Kang, onde pernoitamos, para Ghanzi, Botswana, Marcelo acena e diz ter encontrado na cartografia do seu GPS uma outra estrada paralela que poderia nos levar ao mesmo destino. Na hora não pestanejei: A sensação de novas descobertas é o fator que mais me incentiva cada vez mais a pegar as estradas.

Naquele momento parei a motocicleta e tentei reinicializar o meu GPS. Por mais que eu estivesse configurado para que o instrumento me detalhasse o máximo de informações, aquela rota não estava constando no LCD. Depois que o GPS recebeu um novo starter, não acreditei! Tinha não só aquela rota alternativa, como muitas outras a norte do perímetro o qual nos encontrávamos.

Marcelo seguiu na frente por aquela estrada que nos primeiros quilômetros rodados apresentava um piso de terra batida, um pouco de areia, mas o cascalho nos permitia imprimirmos uma velocidade maior. Depois de uns 30 km rodados, comecei a perceber que piso já ganhava uma nova formação e a areia solta começava a tomar conta do terreno.

Percebendo a empolgação do Marcelo diante de todo o cenário que nos cercava, tomei a frente naquela estrada e comecei a pilotar em uma velocidade mais baixa, pois sabia que se pegássemos uma “bolsa de areia” a 80 km/h, muito provavelmente não teríamos o controle das nossas motocicletas nas mãos.

clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la













E repentinamente um pequeno povoado foi surgindo. Pouquíssimas casas, alguns animais e raras pessoas transitando. Naquela hora vi que o nosso rumo era para oeste e tínhamos que seguir para norte a fim de chegarmos ao nosso destino. Em uma bifurcação, não tínhamos outra opção a não ser a de pegarmos uma estrada para o norte e, nos primeiros quilômetros, talvez nem isso, pela grande quantidade de areia, já sabíamos que o mais sensato era fazer todo o percurso de volta e retomarmos o ponto pelo qual acessamos A estrada secundária. Afinal, estávamos perto, apenas um pouco mais de 30 km, e o tempo todo sabíamos de uma das regras desSa viagem: jamais viajar durante a noite.

E ali tivemos plena convicção de que a única solução era retornar

clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la














As motocicletas, mesmo com os pneus apropriados para todo terreno, com baixa calibragem, com todos os sistemas de controle de tração e a desativação do ABS, não nos permitia seguir em frente. Além de não nos permitir o controle da roda dianteira, como se fosse um barco sem leme, o tracionamento, o único que fator que poderia nos levar pra frente, também já não cumpria a sua função em razão da quantidade de areia. Decisão unânime: ponto para retorno.

Estávamos prestes a ter a nossa primeira surpresa

Pela dificuldade de condução naquela formação de areia com pequenas elevações, quando vi que estava perdendo o absoluto controle da roda dianteira, não me restaria alternativa de parar a motocicleta e usar os meus pés para dar direção para onde queria seguir. E em um destes momentos, quando fui colocar o meu pé direito no chão, não percebi que estava sobre uma destas elevações e não deu outra: não tive apoio para segurar o peso da GSA e a deixei tombar para o meu lado direito.

Neste instante não me restava outra alternativa a não ser a de dar boas risadas. E aí?!!! O que acontece? Saiu correndo da Savana um homem, com os seus 60 anos, 1,60m de altura, magro, pele negra amarelada, mas com uma característica que até agora está viva na minha lembrança...
Chegou correndo, mas sorrindo, querendo me ajudar de qualquer forma, que chegava até atrapalhar! Desliguei o motor da motocicleta, saí de cima do banco que estava entre as minhas pernas e o homem tentando a qualquer custo colocar a motocicleta em pé. Mas o seu comportamento era muito engraçado. Fazia algumas mímicas, tentava levantar a motocicleta ao mesmo tempo em que a apreciava. Eu tinha certeza absoluta que era a primeira vez que este homem via uma motocicleta em sua vida.

BOSQUÍMANOS OU HOMENS DO BOSQUE, NÔMADES, DNA MAIS CONHECIDO DA HUMANIDADE   








































Era a cena mais engraçada. Marcelo a poucos metros da minha frente só ficava rindo daquela “tamanha trapalhada”... Eu, querendo levantar a motocicleta, e o homem com o seu dialeto “querendo dizer algo”, apontava para o meu capacete e não parava de sorrir. Era nítida que aquela risada era de “boas vindas”.

Quando parei, olhei e vi que aquele pequeno grande homem. Tratava-se de um autêntico Bosquímano! Nossa foi muito show! O que estávamos procurando encontrar no território do sul do continente africano, a bem da verdade, nos encontrou primeiro.

E para quem viu o Filme “Os Deuses Devem Estar Loucos”, é exatamente o que é reproduzido no filme

Bosquímanos, ou Homens do Bosque, como são conhecidos, tem toda aquela característica já inicialmente demonstrada. O Bosquímano, depois que já tínhamos levantado a minha motocicleta, começou a dançar e pular de alegria, como se tivesse fazendo a maior festa. Neste instante, Marcelo não foi poupado da grande insistência daquele Bosquímano a integrar uma dança acompanhando a sua coreografia, como se fosse apenas aquilo que nos exigisse de retribuição. Compartilharmos um pouco do seu universo.

clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la













Alegres, prestativos, mesmo no século atual, acreditam nos seus Deuses, idolatram a Mãe Natureza e, o mais importante, pode-se ler a mensagem de paz que trazem no seu coração. Naquele instante, O Marcelo me disse que já teria “ganho a sua viagem”....

E mais uma vez quero dar ênfase ao quanto somos agraciados quando abertos a novas descobertas, tendo muitas destas boas surpresas sido proporcionadas pelos caminhos que as nossas motocicletas nos levam.

Abraços a todos.

Eduardo Wermelinger



____________________________________
Entenda uma das motivações desta viagem



Leia também:
CUIDADO! OS ELEFANTES ATACAM MESMO!
 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (25)

8/1/2012 14:07:58
MARCELO ARAUJO
Eduardo e Marcelo,

que bacana, veja que no final felicidade nao tem nada mas nada a ver com dinheiro. O que este senhor nos ensina eh muito mais do que podemos compreender.

Abr,
Marcelo Araujo
 
2/1/2012 10:33:13
DENNER B.BOAVENTURA
Viagem de moto é engraçada né?! depois que voltamos as imagens ficam nos perseguindo pelo resto da vida, quando c vai dormir ou quando damos uma parada pra refletir, vem as imagens. Essas viagens realmente mudam as nossas vidas, por isso é muito importante que elas sejam marcadas por bons momentos como esse.
Parabens,
Denner B.Boaventura.
 
2/1/2012 09:30:33
GABRIELA FIUZA
Show de bolaaa essa viagem viuuuu!!!

ps: olha as fotos do Marcelo Resende dançando, nao sabia que ele tinha tais dons!!!kkkkkkkkkkkkkkk
 
29/12/2011 20:41:05
LUIZ FORTUNATO
Fala gente, e aí?! Muito legal. Mas Edu, vc tomar um tombinho deste, com a moto quase parada??? Que isso?!!!! kkk
Feliz 2012
 
29/12/2011 08:29:52
CLÓVIS LARRABURE
Muito legal, Marcelão. Estamos juntos, curtindo cada tombinho.
Bons ventos proceis.
Abração do véio
Clóvis.
 
29/12/2011 05:43:02
EDUARDO PAVAN
parabens pela aventura e que os bons ventos da africa estejam com voces

quando precisarem de companhia para outra viagem, me avisem que farei o impossivel para ir
abraços
pavan
 
28/12/2011 15:02:29
RUITER FRANCO
Frejat!! Vc não viu uma foto do Marcelo com uma garrafa de coca cola sentado ao lado da GSA?? Agora lendo este relato do Edu, é que compreendi a foto (KKKKKKK).
Edu & Marcelo, tenham certeza de que muitos de nós estamos nos sentindo sentados em outra moto ao lado de vc´s nesta viagem.
Que bom saber que vc´s ja estão em terras Tupiniguins e que a viagem transcorreu na mais perfeita ordem e PAZ.
Obs.: Sei que vc´s ja chegaram pelo volume (2 mensagens rapidas) do Eduardo, sinal que esta em casa (risos).

Gugu!! Depois nos retransmita as informações (KKKK)

Ju Medeiros!! Que bom ve-lo acompanhando esta viagem. Abçs

FELIZ ANO NOVO A TODOS
 
28/12/2011 11:54:02
SERGINHO RIO DO SUL, SC
Achei que indo pro Atacama estivesse fazendo uma viagem...kkkk
Viajar é isso que voces fizeram, Eduardo e Marcelo !
2012 vezes parabéns !!!!
Serginho e Rose.
 
28/12/2011 08:49:12
WALTER MOLINA JR
Olha só! Edu vi que você rapidinho foi desligar o motor girando a chave. Poucos fazem isso na hora que a moto vai pro chão, principalmente nestes tombos com a moto quase parada. E vi que você pulou fora liberando a perna. E isso aí, andar de moto é também saber o que fazer nestas situações. E a parte, muito show esta experiência. Queremos mais! Abraços. Molina
 
27/12/2011 23:43:31
ROBERTO BARBOSA
Amigos Motociclistas, com certeza essa viagem do Edú e Marcelo é mais uma dessas que entrar p/ História do Motociclismo. Obrigado Parceiros em nos deixar Compartilhar seus momentos Ilários, é um Privilégio para poucos. E presentear com essas Imagens maravilhosas e Novas Experiências, que podemos acompanhar juntos com vocês.
Um Feliz MOTOANONOVO para Todos, Feliz 2012.
Abs.
 
27/12/2011 23:38:13
EDSON LUIZ SIONEK
Bigs Eduardo e Marcelo, grandes histórias, somente vocês, parabéns...........
 
27/12/2011 21:28:50
BETO MARSHALL
Show dos dois, Edu, especialmente por terminar o vídeo mudando o dito "bêbado conta os tragos que toma e não os tombos que leva!". Mostrou no fim, mas acho que não tava bêbado... ahahahahaha!! Excelente! Que continuem com mais postagens desse padrão!
 
27/12/2011 20:46:56
BENEDITO FREJAT
Muito legal esta viagem. Vi o filme Os Deuses Devem Estar Loucos filmado no Kalahari, e realmente ficou faltando a garrafa de Coca-Cola. Quem viu o filme sabe o que estou falando! rs.
Aí gente, pilotar na areia não é mole não! E com as BMW GS Adventure, só vocês mesmo! Parabéns. Frejat
 
27/12/2011 17:51:34
FERNANDO PEDROSO
Edú e Marcelo,
que show de viagem, parabéns e um
grande abraço
 
27/12/2011 17:34:24
EDUARDO VALDUGA
Tenho acompanhado seus comentários sobre a viagem e me convenci que embora voçês estejam em "outro mundo", a atitude das pessoas com os viajantes de moto são iguais em todo mundo.
Boa viagem
 
27/12/2011 16:12:01
OTAVIO ARAUJO GUGU
Cada vez me convenço mais de chamar minhas viagens de "passeios" depois desta então, tenho certeza. Estupenda aventura, a meu ver inigualável!!! Vamos nos encontrar breve para contar tudo olho-no-olho. Parabéns, Marcelo e Eduardo. Em 2012 nem posso imaginar o que o Eduardo já deve estar planejando... Conta, vai, dá uma dica apenas... Aceitem todos meu fraterno moto abraço. Gugu
 
27/12/2011 15:40:47
MARCELO VORCARO
Amigos Edu e Xará,

Pena que na cartografia do GPS não consta piso de areia movediça.
Estas motos,mesmo com todo espetáculo de tecnologia alemã, sofrem uma barbaridade em piso de areia. São muito pesadas e enterram a roda dianteira sempre. Mas voces conseguiram pilotar bastante nesse piso horroroso. Os nativos são sempre um show a parte. Congratulações, passar por esse nível de dificuldade não é pra qualquer um. Continuem em boa viagem e sempre com Deus a os orientar.

Um grande abraço
 
27/12/2011 14:46:48
FALCÃO NEGRO
Valeu isso só acontece quem praticar o verdadeiro moto-turismo
 
27/12/2011 14:46:40
DANIEL ALVARES
hahahaha, muiiiito bom Eduardo!!!! mas não era dançar juntos com vocês que ele queria, era uma coca-cola né não?! kkkkkkk hehehehehehe

Excelente viagem!!!!
 
27/12/2011 13:56:00
RENATO BRESSAN
Amigos!

Desejo-lhes a melhor sorte do mundo, nesta fantastica AVENTURA! (sim, com letras maisuculas).
 
27/12/2011 13:42:57
FERNANDO ZANFORLIN
Super, fico esperando o aviso de e mail, que chegaram mensagens africanas. Gostaria de ter dançado com o Marcelo. Posso sentir a alegria do momento. Super super. E os bichos e flores?
 
27/12/2011 13:33:46
JU MEDEIROS
Que emoção em amigos? Esse encontro concordo com o Marcelo, "Ganho sua viagem". Como para mim o objetivo da ida é a volta, quero ir acompanhando vocês aqui da ilha de Fernando de Noronha. Náo deixe de nos informar sempre essas pérolas de historias.
 
27/12/2011 13:12:15
JOÃO MARCELO FARIA
Fantástico! Nos faz pensar o quanto a simplicidade, é item fundamental para quem busca a felicidade. Aquela felicidade que vem de dentro, transborda e irradia. Viagens de moto são exatamente isso: simplicidade que gera felicidade.
SHOW!
 
27/12/2011 13:08:38
W. FELIPPE
Cara, é este tipo de experiência que faz da viagem de moto algo espetacular. Curtam essa viagem e vão nos mantendo informados. Estamos viajando com vcs.
 
27/12/2011 13:06:13
EDGARD BAIAO
SHOW DE BOLA AMIGOS... PASSEI UMA SITUAÇÃO QUASE SEMELHANTE NO RÍPIO QUANDO ESTAVA INDOPARA O USHUAIA EM 2009, COM MINHA PODEROSA BANDIT 1.250 S E OS PNEUS LISOS ESPORTIVOS PATINAVAM E AFUNDAVAM NAS BRITAS ...COM AREIA DEVE SER PIOR POR QUE AS BIKES NAO ANDAM MESMO... LINDA A VIAGEM.. PARABENS A VOCES..
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
QLQM
 abaixo