Africa Adventure

MOMENTOS ANTES DE CADA PARTIDA

 

O NÓ DO AFETO

Um pai quando saía trabalhar, era muito cedo e o filho ainda estava dormindo, e ao retornar, era muito tarde, e o garoto não estava mais acordado.
Isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho a que tentava se redimir indo beijá-lo todas as noites quando chegava em casa.
E, para que o filho soubesse da sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria.
Isso acontecia, religiosamente, todas as noites quando ia beijá-lo. Quando o filho acordava e via o nó, sabia, através dele, que o pai tinha estado ali e o havia beijado.
Aquele “nó no lençol” era o meio em que pai e filho podiam enxergar algo materializado que expressasse um sentimento de ligação de afeto.
Por vezes, nos importamos tanto com a forma de dizer as coisas e esquecemos o principal, que é a comunicação através do sentimento. Simples gestos como um beijo a um nó na ponta do lençol valiam, para aquele filho, muito mais que presentes ou desculpas vazias.

A criança pode não entender o significado de muitas palavras, mas sabe registrar um gesto de amor.


*** Autor desconhecido ***




































Certo dia li este texto, O NÓ DO AFETO, quando meu filho tinha uns 3 anos. Naquela época as coisas eram diferentes, pois eu tinha uma rotina totalmente atribulada em razão dos compromissos profissionais.

Como todos por aqui sabem, temos um espaço para que os amigos leitores possam postar as suas mensagens, e tenho por hábito no final do dia ler minunciosamente cada postagem. E no início deste ano, quando fazia uma viagem pelo norte do continente africano, ao ler uma postagem, fiquei estático!

O coração ficou dividido entre muitos sentimentos, que quase, mas quase mesmo, me fez voltar com a motocicleta para o continente europeu e pegar o primeiro voo para o Brasil.

Esta mensagem era do meu filho, Carlos Eduardo.

Hoje, já com os 19 anos, um homem, de bom caráter, bom coração, um excelente filho, não mais aquela criança que por muitas vezes o deixei dormindo e saía para trabalhar, mas sempre passava no seu quarto e após um beijo enquanto dormia, deixava um “nó no seu lençol” para que ele soubesse, que antes de sair, estive ali.

E hoje, as vésperas do meu embarque, a sensação se repete.

Filho, antes de você postar qualquer coisa, te digo: TE AMO!



Abaixo a postagem do meu filho

____________________________________________________________________________________
20/4/2011 22:43:08

CARLOS EDUARDO WERMELINGER

Certo dia escutei uma história de um pai e um filho que eram muito unidos, entretanto por motivos de trabalho do pai ambos muito pouco se viam. Como justifica duas pessoas serem extremamente unidas e estarem tão separadas pela rotina? Um simples ato. Antes de sair todos os dias de madrugada este pai dava na ponta do lençol do filho um nó, apenas um nó. O que isso significa? Que apenas uma atitude pode representar tudo o que esperamos de uma pessoa, carinho, consideração, amizade e o fato de dizer "nunca me esqueço de você". Apesar de estar maior parte do tempo ausente, aquele pai demonstrava através do nó que sempre estaria perto do filho.

Pai, hoje dedico esta história a você, como você já a dedicou a mim, e deixo este nó em seu site. Beijos, Te amo.


Leia também:
BOTSWANA DO SUL AO NORTE – PARTE I
 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (33)

2/8/2015 19:45:00
JOAO DA SILVA
Excelente post!
 
27/2/2014 22:03:08
LÉIA SENEM
Um pai especial....Você é demais!
Me emocionei....:)
 
29/10/2012 23:10:53
PABLO SANCHEZ
Hola Eduardo, he buscado esta historia pues la habia leido en su momento tiempo atras. Hoy en dia mi madre no esta muy bien de salud y todos los dias pienso lo que han hecho por mi para criarme...(tengo 50 años), en fin queria darte las gracias por compartir esta historia que me quedo grabada. Gracias.
Pablo de Bs. As., Argentina.
 
3/12/2011 21:28:39
MAIZENA
Eduardo tenho acompanhado as noticias sobre sua viagem voce e um aventureiro nato e abencoado por Deus, que ele te acompanhe e viva a vida pois so temos uma, na minha ultima viagem longa senti muita falta de minha familia e filhos, superado pela chegada proxima, que de Deus te acompanhe.
1 abraco
Maizena.
 
1/12/2011 07:06:53
WAGNER VIDIGAL
Eduardo,
O Amor demonstrado nestas linhas estará blindando sua viagem de sucesso e emoções !
Seja Feliz e nos de a oportunidade de compartilhar as lindas fotos que você há de fazer...
Forte Abraço!
 
30/11/2011 21:21:06
EDSON LUIZ SIONEK
é a saudade do lar, tipo "chego pro almoço" valeu meu amigo, boa viagem.
Edson Sionek.
 
30/11/2011 20:36:37
JULIANO CASTELLI
Fala Edu! Esta bateu fundo brother!
Cara, uma excelente viagem pra vocês, e muitas fotos e histórias da Africa!
Edu e Marcelo, vão na paz!
Abs.
Castelli
 
30/11/2011 20:32:08
ELIANA PEIXOTO
Eduardo, sem palavras! Sempre quando saímos para viajar, e mesmo os filhos já crescidos, o sentimento é o mesmo quando ainda eram nenéns. O Alexandre uma vez chegou a parar a moto, dar meia volta e retornar pra casa.
E hoje, as nossas crianças, já com 27 e 23 anos, em nada muda esta sensação antes de pegarmos as estradas.
Beijos, Eliana e Alexandre
 
30/11/2011 20:10:10
VAL PESCE
Edu, isso é lindo demais... e traduz a simplicidade que é a mola propulsora de toda existência... O amor!
Ler isso me fez chorar de feliz...!
Obrigada por compartilhar tão singela e lindamente, sentimentos que poderiam estar guardados apenas em seus corações...
Faça uma linda e mágica viagem!!!
bjinhos
 
30/11/2011 17:36:58
REINALDO TAVARES
Caro Eduardo e Marcelo, desejamos que seus caminhos sejam inluminados por onde passarem, e tragam lindas histórias de vida e estradas para enrriquecer nosso dia a dia, como esta.
Boa Viagem que Deus acompanhe vcs.
 
30/11/2011 16:41:34
MARIA MÁRCIA VERONA
Eduardo, mto legal a msg. Saiba que por aqui, com as crianças do grupo de dezenho do nosso CRAS você deixou mtos nós, nas palavras que proferiu, nas experiências que compartilhou, na esperança que fez brilhar naqueles olhinhos atentos a tudo que você dizia. Esses nós, no bom sentido da palavra ficaram tão fortes que essas crianças sempre me perguntam por você e me fazem abrir o site para saber notícias suas. Para elas você fez um pouco o papel desse pai que deixa o nó no lençol pois mtas não têm nenhum contato ou qdo têm este nem se importa com elas. Lembra que um deles lhe falou dessa saudade do pai!? Pois é...
Bom, isso é ser humano e deixar marcas nas pessoas.
Apareça qdo puder e mande notícias.
Um abraço e boa viagem.
 
30/11/2011 16:13:13
SILVANA S ZENDRON
Simplesmente lindo!!!!!!!!
Fiquem com Deus.
Uma linda e segura viagem é o desejo.
 
30/11/2011 15:53:43
LEONARDO COUTO
Lindo texto. Uma mensagem simples e cheia de emoção.
Que excelência podermos (digo podermos pois sou filho e pai) desfrutar de uma verdadeira e leal amizade entre pai e filho. Devemos agradecer muito a Deus por sermos privilegiados de sentirmos esse amor reciproco.
 
30/11/2011 14:56:29
ALFONSO LUGRIS
Amigo Eduardo:: Leyendo tu bello artículo me traes el recuerdo de mi padre. Fué un hombre del mar, en el que pasó la mayor parte de su vida. Nunca se alejó de nosotros sin una bella despedida, esta me la recuerda ese nó no lençol que tú tan elegantemente nos regalas.. Gracias amigo!!!!!
 
30/11/2011 14:14:53
FERNANDO ZANFORLIN
Eduardo, muito bacana essa parceria com o filho, realmente esse "pedaço de nós", os filhos, é o que há de melhor. Estou sempre a olhar sobre os seu ombros, alías não dá mais, mesmo assim, num banguinho olho. Estamos planejando uma viagem juntos, será o máximo. Que DEUS te acompanhe amigo.
 
30/11/2011 13:14:20
GERALDO BERGAMO FILHO GEBÊ
Sem palavras, apenas lágrimas e o "nó" na garganta,indescritível tamanha emoção.......boa viagem, vão e voltem com Deus......abs. Gebê
 
30/11/2011 11:38:46
DENNER B. BOAVENTURA
Eu gosto muito desse site, tudo muito bem feito, as fotos entao nem se fala. Voce consegue casar tudo muito bem feito. Essa foto muito bem tirada, expressa o sentimento de pai e filho que é completado com o texto apresentado.
Meus parabens mais uma vez pelo belo texto e por apresentar uma mensagem dessa que nos faz ficar pensando o resto do dia.
Abs,
Denner.
 
30/11/2011 10:54:09
ANDRÉ RAMOS
Que nem mesmo a distância ou o tempo sejam capazes de desatar estes nós.
Um abraço em ti, meu amigo Eduardo e em teu filho, pois somente alguém que recebeu educação e amor, pode ter tal sensibilidade.
Estejam com Deus.
 
30/11/2011 09:51:44
PAULO SALIM
Olá amigos,

Edu, realmente esse texto dá um nó, um nó na garganta. Lindo. E é sempre bom termos essa esperança do reencontro com nossos filhos/filhas/mulheres/pais/mães, que despertam o desejo de ir e vir com segurança e responsabilidade. Voltem com muitas histórias e fotos. Abs para vc e o Marcelo e boa viagem.
 
30/11/2011 09:10:21
JAIME
Mi lagrimijei mi.

Realmente, quando se fala em filhos, imediatamente lembramos dos nossos, faça uma otima viagem e nos brinde com suas aventuras, abçs
 
30/11/2011 08:49:42
DELCIO TONIN ERECHIM RS
Embora não te conhecendo pessoalmente mas sim pelo teu site, te considero um amigão pelo que tenho lido. O que quero dizer é para a familia de vocês e a todos que acompanhão esse site, vamos aproveitar mais essa aventura pois o universo conspira em nosso favor. Uma boa viagem.
 
30/11/2011 08:38:25
FÁBIO SIRONI
Eduardo, sem dúvida são estes "nós" que nos fazem ir e voltar em segurança, que vocês tenham uma excelente viagem voltem cheios de histórias e belas fotos. Os que nos amam e ficam em casa, se orgulham de nossas empreitadas e torcem sempre por nós. Fiquem em paz e vão com Deus.
 
30/11/2011 08:20:36
MARCELO DOURADO
Eduardo, meu estimado amigo! Com nó na garganta reconheço que o texto, o sentimento, o aperto no coração mencionados são universais. Todos nós temos ao partir, seja para o trabalho, seja para um viagem longa ou curta. Desejo a vc e ao Xará uma ótima viagem, super abraço aos dois!!
 
30/11/2011 07:55:11
JOSÉ CARLOS
Eduardo bom dia
Ao ler a mensagem do seu filho eu me emocionei a ponto de as lagrimas descerem. Espero que você realize uma grande viagem de descobertas e realizações e que Deus o guie a cada milisegundo da empreitada.

Um grande Moto abraço
José Carlos - Gaspar-SC
 
30/11/2011 07:19:59
RICARDO LUGRIS
Como diz um grande poeta gaúcho, " sou prosseguimento de meus avós, como meus filhos o serão entre mim e meus netos".
Viva essa viagem como mais uma camada de riquezas para seu coração. Ela será única e muito especial.
Pilote com atenção e segurança. Boa viagem!
 
30/11/2011 07:01:14
EDGARD FLEURY
Eduardo é impressionante como este texto retrata na íntegra os momentos das minhas partidas. Sinto o mesmo quando olho para os filhos na minha saída.
Parabéns ao seu GRANDE filho, a você especialmente por ter um filho assim.
Beijos e abraços, e que você e o Marcelo (xará do meu filho mais velho), façam uma excelente viagem.
Mandem notícias de lá meus amigos!
 
30/11/2011 06:50:30
OTAVIO ARAUJO GUGU
Cada vez Eduardo nos surpreende mais com suas postagens, esta realmente emocionou. Faça uma bela viagem, estaremos por aqui torcendo por vocês, aguardando comentários e belíssimas fotos. Vejo que o Dudu está seguindo seus passos.
Fraterno moto abraço a todos!!! Gugu
 
30/11/2011 02:57:44
RUITER FRANCO
Como bem disse o Dalben. Deu até um nó na garganta... e meus olhos lagrimejaram, de saudades de meus AMADOS Filhos.
Parabens Irmão Eduardo. Que DEUS esteja diariamente em seu coração, abençoando-o.
 
30/11/2011 00:20:33
VOVO DÉDÉ
Caro irmão e amigo Eduardo e Marcelo, que Deus ilumine o caminho por onde as GSs passarem levantando poeira pilotadas por dois aventureiros e pilotos. Claudinha, Dudu, familiares e amigos com certeza estarão aguardando noticiais vivenciadas no continente. Mesmo por fotos. Abraços
 
30/11/2011 00:06:34
EVANDRO DALBEN
Deu até um Nó na garganta ... mesmo ainda não tendo filho e ou pensando nisso as palavras aqui transmitidas podem ser sentidas e muitas vezes vivenciadas por todos nós ! Fazem sentido e refletem exatamente o reflexo como se fosse um espelho.

Obrigado Kadu por sabias palavras e Edu por compartilhar sentimentos atraves de atitudes e expressões.

Desejo uma ótima viagem e que os nó "s continuem conectados sempre !

Pisteiro
 
29/11/2011 23:38:57
JOSÉ CARLOS VIDAL
Caro Eduardo. Este texto caiu como uma luva neste dia de hoje. Na quinta saio de viagem para o Atacama onde passo uns 15 dias. Somente hoje, agora a noite, já estive umas dez vezes no quarto na minha filhota, e depois que ela nasceu, hoje com três anos, é a primeira vez que retomo a estrada. O coração fita apertado. Eita!!! Boa viagem pra você meu amigo.
um grande abraço,
Vidal
 
29/11/2011 23:30:26
CARLOS ALBERTO CASTRO
Meu amigo Eduardo. Comungo este mesmo sentimento, quando olho pelo retrovisor a casa ficando para traz, e ainda mais, quando os filhos se despedem no portão.
E por mais que esteja distante, sei que depois do prazer de viajar, vou ter um prazer muito maior, que será de abraçar e beijar novamente meus filhos.
 
29/11/2011 23:18:03
WILLIAN NEVES
Grandes amigos Aventureiros, Eduardo e Marcelo, que seja mais uma excelente viagem e que possam dar muitos nós ao longo desta viagem pela terra...Que Deus ilumine todos caminhos...estaremos torcendo aqui e aguardando as historias na volta.
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
QEUJ
 abaixo