Dicas

CUIDADO COM A FOTO!

 
clique na foto para ampliá-la
Eram quase 5h da tarde quando me atentei a um sujeito trajando uma vestimenta bem característica da região. A impressão que tive é que esta figura inusitada, deveria estar trabalhando no controle de acesso da parte lateral de um monumento.

Até então, tudo bem.

Não poderia perder a chance de fazer uma foto. Nas primeiras imagens registradas, ele, este sujeito com mais de dois metros, estava distante. Então os cliques começaram...

Paro um pouco, fico vendo as demais movimentações ao meu redor, quando o sujeito vem andando na minha direção e fica parado. Até então, sequer dava entender que estaria se atentando com a minha presença por ali.

Bom, com ele mais próximo, seria a oportunidade de fazer uma foto para que pudesse registar de forma mais detalhada a sua vestimenta e suas feições.

Aí que começou o problema...

O sujeito começou a falar em tom alto, quase gritando, e eu não entendia absolutamente nada do que ele dizia. Ainda tentei perguntar se ele falava inglês, e o cara parecia ainda mais enfurecido...

Cheguei a achar que fosse uma “pegadinha”, mas... O cara me saca uma espada e gesticula dando a entender que não estava muito satisfeito.

A mensagem já tinha sido dada pelo “grandão”. Abaixei a câmera e fiquei a sua frente tentando demonstrar a minha intenção de paz... Como instrumento de abertura de negociação, ofereci-lhe um cigarro, e sem precisar entender o seu idioma, vi que o “grandão” quis dizer NÃO!!!

Bom, só me restavam duas opções:

pensar em tomar meu rumo pela esquerda ou pra direita...

Na medida em que eu me afastava lentamente ainda observando o “grandão”, sem dar as costas pra ele, fui observando que o mesmo já olhava para outras direções, não mais dando importantância a minha presença.

E assim me distanciei e tomei meu destino. Conclusão: Se vai fotografar alguém, pergunte antes...

A estrada continua...

Abraços e boas fotos.

Eduardo Wermelinger


 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (6)

2/2/2017 20:17:27
DPRR3LJI
aqui estoy yo tambien, aunque como inicio digo que estoy encontra de este debate, creo que deberia de se run debate a tres bandas, ¿que hay de la tercera fuerza poatiicl?
 
22/11/2016 07:19:47
ZÉ MÁRIO
Gosto de fotografar em viagens, principalmente pessoas, mas sempre peço permissão para isto, é um hábito.
 
11/12/2013 22:45:18
GUILHERME PEIXOTO
Isso aconteceu comigo em Verona, na Itália (a cidade da Julieta). Em diversos lugares da Europa os alguns moradores locais se vestem com trajes típicos, ou roupas antigas (no meu caso eram dois caras vestidos de gladiadores) e cobram para tirar fotos. Um deles queria me cobrar 10 euros pelas fotos, mas consegui negociar com o outro por 5, mas o primeiro ficou bem bravo com o cara. Tenho certeza que era isso que o grandão aí da foto queria, mas ele não avisam, esperam vc tirar a foto e depois vem "pedir"o dinheiro.
 
7/5/2013 19:32:27
MANOEL MOURA
É isso aí, não mexe com quem está quieto. Principalmente se esse alguém tiver mais de 2m de altura e empunhar uma espada daquele tamanho.
 
7/5/2013 18:59:54
CARLOS ALBERTO SARTORI
Caramba! O cara é grande mesmo! Edu, o Fernando me contou que vc e o Marcelo Resende já correram muito de uma leoa e de um elefante lá na África. rs Já era pra ter aprendido! E agora vc vai fotografar um rinoceronte vestido de vermelho! rsrs
 
3/5/2013 03:55:48
LEONARDO CASTANHA
É sempre bom perguntar... Hhhahhhhah...
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
RMBG
 abaixo