Viagem pelo Mar Negro

De Toplita (Romênia) a Viena (Áustria)

01 de junho de 2011

 
Depois de toda a adrenalina vivida na Moldavia e na tal de "TransSinistra", comecei a sentir o cansaço na chegada à fronteira da Romênia.

Em uma viagem de moto, você tem dois tipos de fadiga. O cansaço diário, resultado da atividade que você exerceu naquele dia e, o cansaço acumulado, como se você acrescentasse um pouco mais a cada dia que passa.

Você percebe que tem mais dificuldade para levantar-se pela manhã, tem um pouco de preguiça para refazer sua mala cotidianamente, percebe estar mais irritado e impaciente ao final do dia, etc.
Ao entrar na Romênia, pergunto ao agente, Estou na Europa?

Ele confirma e me dá as boas vindas. Sem grandes problemas, formulários ou carimbos mil.

De qualquer forma, a Romênia é um dos mais recentes membros da União Européia e está muito atrás em relação aos outros países-membros no que diz respeito a infra-estrutura e desenvolvimento.
Seu transito é caótico, perigoso. Os romenos são lentos em suas reações na condução de um veículo e, ao mesmo tempo, são rapidíssimos em mudar de idéia!















Logo após a fronteira, passo pela cidade de Iasi, e quase sou assassinado em duas oportunidades em menos de 10 segundos entre cada uma delas.

Dois carros frearam violentamente diante de mim na estrada para entrar à esquerda, sem deixar a pista e sem seta. Desvio milimetricamente pela direita e acelero para sair desse miolo. Quase imediatamente depois, um furgão vindo no sentido contrário vira à esquerda e cruza na minha frente.

Este, eu vi chegar. Antecipação. O segredo de nossa sobrevivência sobre duas rodas.

Decidi avançar algumas centenas de quilômetros antes de me deter para pernoite.

Gosto de andar de moto na Romênia. Apesar de seus motoristas com instinto assassino e seu trânsito caótico, o país tem uma singularidade de cultura e uma beleza de paisagens únicos.

Esta nação, antiga como a própria história, como testemunham suas centenas de castelos e mosteiros medievais, sofrida em seu passado recente de comunismo e a ditadura de Ceaucesco, se mantém à cavalo entre a cultura romena e a cultura dos “Roms”, como são chamados aqui os ciganos.
















30% da população do país é cigana. Eles vivem sua própria cultura e é muito engraçado ver as casas que fazem construir com seu aspecto oriental, absolutamente “kitch”, com suas cores aberrantes e seu característico telhado metálico extremamente adornado.

A Romênia quase não tem auto-estradas. As vias de acesso devem obrigatoriamente passar por seus intermináveis vilarejos construídos ao longo da estrada. É como se o vilarejo tivesse somente uma rua. A estrada, exatamente.

Todas as casas são posicionadas junto à estrada, com portão, cerquinha e um indefectível banco na frente da casa, lugar de encontro e socialização principalmente ao final do dia, após guardar as vacas, cabras, gansos ou ovelhas.















Nesse sentido, a estrada é freqüentada pelos mais diversos personagens.

Na moto, enquanto cruza o vilarejo que pode ter até uns 7 ou 8 kms de comprimento, você se vê obrigado a dividir o espaço com vacas, cabras, tratores, carrinhos de mão, carroças de todo tipo, bicicletas, carrinhos de bebês, e mesmo com o “bebum” do vilarejo este, o mais imprevisível de todos.

As casas nas aldeias da Romênia são um espetáculo à parte. Finamente decoradas independentemente da condição social do proprietário, você não se cansa de admirar cada uma delas e acaba por lamentar não poder deter-se mais vezes para fotografá-las.

Aqui, você viaja ao ritmo da Romênia. Não ao ritmo da Europa.

Parei para fotografar uma carroça puxada por dois belos cavalos enfeitados com um grande adorno vermelho na cabeça quando um garoto veio e me ofereceu um punhado de sementes de girassol que eles comem permanentemente.

Retribui com meia barra de chocolate que tinha na bolsa do tanque. Com prazer verifiquei que ele fora levar o chocolate para dois outros amigos e os três dividiram o que havia.

As paisagens aqui são suaves, verdes e bucólicas. A vida parece correr a um ritmo muito mais tranqüilo como se a Europa para eles fosse algo distante. Entretanto, a Europa tem mudado muito a vida deste povo. Suas estradas vão ficando melhores e com isso, aumenta o transito de caminhões e veículos nos vilarejos aumentando por sua vez, o risco e o ruído para os habitantes.

Penso quantos carros de tração animal, ainda muito populares entre os agricultores são atingidos por motoristas enlouquecidos que insistem em cruzar os vilarejos a velocidades exageradas?

O dia, de calor e sol, vai com sua suavidade apagando as más experiências do dia anterior.
Toda atenção é necessária nestas estradas. Apesar da beleza da paisagem e dos aspectos curiosos deste país, seus motoristas, como disse antes, teimam em fazer coisas absolutamente imprevisíveis.
Vou, a uma velocidade bem limitada avançando em direção ao oeste, para a fronteira com a Hungria a 250 kms de distância.

Uma vez na Hungria, faço uma pausa para almoço, pois tenho vontade de comer um “gulash” famoso cozido de carne local. É um prato pesado para o calor que faz, mas decido me dar o prazer assim mesmo.

A estrada melhora muito na Hungria.

Farei 500 kms ainda neste país antes de chegar à Áustria, onde pretendo pernoitar.
O nível de desenvolvimento desde a Moldavia vai progredindo em uma proporção estável, a Romênia, a Hungria, até que chego à Áustria, já no espaço Schenghen, onde já não há controle de fronteira. Você simplesmente passa sem se deter.

Daqui, até a França, serão 4 países onde eu não terei mais que tirar o passaporte do bolso

 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (2)

2/2/2017 19:53:33
0625DNDU4G6
Un rediseño de la consola es algo que necesita “para ayer”. Somos muchos los que estamos esperando a este rediseño para comprar la consola, y ahora con lo del segundo stick, seguro que seremos más aún.Eso sí, peselnaomrnte no creo que quiten el 3D en el rediseño, sería echar por tierra el principio de diseño de la consola (por mucho que pueda estar equivocado).
 
28/6/2016 16:00:51
P0SKFFCZVGQA
Is that really all there is to it because thatd be flbatergasbing.
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
LBEM
 abaixo