Destino Alasca

Sábado: Muskegon / MI

08.10.2011

 
Hoje foi um dia de grandes mudanças em nosso plano de viagem. Mas vamos contar primeiro como foi o dia e depois o que resolvemos - foi essa a ordem dos eventos...

Dia dedicado à preguiça e descanso, sem nenhum compromisso com coisa alguma. So saímos do hotel para almoçar e aproveitamos para dar um giro por Muskegon. Essa cidade fica à beira do Lago Muskegon e há um canal que o liga ao Lago Michigan.

É impressionante como esse país aproveita todos os pontos imagináveis e o tornam um lugar agradabilíssimo e turístico. Muskegon tem cerca de 40 mil habitantes. Tem mais de cinco marinas, extração de areia, estaleiros.

clique na foto para ampliá-la
Lago Muskegon com hotel ao fundo  
clique na foto para ampliá-la
Submarino-museu no lago Muskegon  
clique na foto para ampliá-la
Entrada do lago Muskegon  
clique na foto para ampliá-la
Praia no lago Michigan  


Fomos procurar alguma rua que circulasse à beira do lago Muskegon e eis que encontramos o canal que liga os dois lagos e enquanto estivemos lá, uma meia hora, o trânsito de embarcações era muito intenso - ficamos tentando imaginar como deverá ser durante o verão. Continuando o trajeto fomos para o lado das praias, muito longas, com areia branca finíssima e do outro lado da rua muitas dunas. Realmente lindo e ficamos admirados de ver dunas e areia ao longo de um lago, estamos acostumados a associar dunas a mar aberto... E há uma série de um tipo de cerquinhas, que supomos que sejam para tentar impedir a areia de invadir as casas e ruas. Se for isso o resultado é apenas parcial, pois as ruas ficam com areia e as casas têm o gramado ou o piso também cobertos pela areia.

E ao abrirmos a porta de nosso quarto mais uma atração da Mãe Natureza: um belíssimo por-de-sol nos esperava ao olharmos através da porta balcão de nosso quarto. Admire-o, também!

Bem, gastamos o resto da noite revendo nosso plano de viagem e depois de conversarmos colocamos na mesa algo que já estava nos incomodando há algum tempo:

clique na foto para ampliá-la
Proteções para contenção de areia trazida pelo vento  
clique na foto para ampliá-la
Areia muito fina, há diversas dunas  
clique na foto para ampliá-la
Dunas decoradas pelo outono  
clique na foto para ampliá-la
Por do sol que nos recebeu no quarto do hotel  


1) Já havíamos decidido que vamos passar o Natal em casa - embarcar para o Brasil em algum momento da primeira metade de dezembro.

2) Estamos cansados! Queríamos ter parado em algum lugar tipo resort para um descanso de pelo menos 4-5 dias, e isso pelo menos duas vezes até agora. Por diversas razões não fizemos isso e estamos pagando o preço!

3) Fazer essa parada agora mantendo o plano original não é viável: o tempo que sobraria não permitiria ir até a costa oeste e retornar para a Flórida sem transformar essa parte da viagem numa correria. E não queremos isso.

4) Outra razão que impede uma parada de descanso no plano original é o clima: já há neve em algumas montanhas do norte dos EUA e mesmo sem parar o risco de enfrentar condições indesejadas é muito grande. Por exemplo, teríamos que cortar Yellowstone: a temperatura lá já está em zero graus!

Resultado: não vamos mais para o oeste! Estamos desviando nosso roteiro para o sul. Ainda não sabemos exatamente como prosseguiremos, mas por enquanto a referência é o rio Mississipi: estamos pensando em ziguezaguear ao longo dele até chegar a New Orleans. E depois, como previsto originalmente, Flórida.

E amanhã, já dentro desse novo plano, vamos para Indianapolis. Boa noite!
 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (2)

2/2/2017 20:06:20
UAMDRIHBTS
Un curso de ética política tiene que hacer todo el PP. Nuestro jefe va a gastar CUATRO MILLONES DE EUROS en traer al papa a Sag.uanotLiego hará las cuentas y dira que el dinero se gasto el el audi del anterior presidente.
 
28/6/2016 13:09:56
G9QUIRER
Your cranium must be preonctitg some very valuable brains.
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
LUQL
 abaixo