Repórter Obrigatório

22.02.2011 - Bissau e regresso a Lisboa

 
clique na foto para ampliá-la
O último dia em Bissau assinalou o fim desta aventura Guiné-Bissau Tour 2011. Para além do merecido descanso, tivemos oportunidade de visitar a capital e maior cidade de Guiné-Bissau, localizada no estuário do Rio Geba, na costa atlântica.

O centro, onde fica localizada a Residencial Coimbra, patenteia aspectos inconciliáveis com algumas novas infraestruturas modernas, como a nova assembleia do povo, a nova sede do Banco dos Estados da África do Oeste ou o novo Hospital... na verdade, muitas das ruas e avenidas não estão asfaltadas e inúmeras propriedades estão largadas ao abandono.

O lixo também se amontoa, aqui e ali... No entanto, os bissau-guineenses são simpáticos e afetuosos, sugerindo mesmo terem saudades de outros tempos...

O almoço ocorreu no complexo Mar Azul, a cerca de 35 km de Bissau, junto a um braço de mar que entra terra dentro, mais próximo do Arquipélago dos Bijagós. Foi agradável, mas... como de costume, muito demorado.

Umas ostras saborosas e um bife à portuguesa restauraram-nos o vigor, apesar da elevada temperatura e humidade que se faziam sentir. Por pouco, não conseguíamos chegar a tempo de comprar umas recordações típicas de Guiné-Bissau...


clique na foto para ampliá-la
clique na foto para ampliá-la
De malas feitas, fomos muito cedo ao Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, a 8 km do centro de Bissau, fazer o check in, para só depois ir jantar ao Kalliste.

Por esta altura já só aguardávamos a hora do embarque... A sobreposição da vontade de ficar com a de partir dissipava-se à medida que chegavam as 02:30, ETD do voo TAP200, A320, com destino Lisboa... Ainda deu tempo para uma curta visita à Torre de Control. Um abraço Lassana...

Depois de viver procedimentos de segurança completamente dispares e manifestamente insuficientes relativamente ao padrão europeu, sentado num lugar que também havia sido atribuído ao Mauro, descolámos...

Deixámos para trás uma cidade que vive à custa de geradores a gasóleo e, àquela hora tardia, a julgar pela quantidade de luzes acesas, descolávamos de uma aldeia...




Um dia, vou regressar... Prometo.

 
 
 
Bookmark e Compartilhe
 

Comentários (2)

2/2/2017 20:17:46
KCUPP2RAJ
Hey Brent,Thanks for sharing Happy Tables and OpenBnB. They look very pr1Imsing.iRo7;d love to see some more examples of apps on WP that are scaling efficiently. Our road to 1,000,000,000+ Hello Bars served was quite an adventure. We certainly encourage the use of WP as an app engine, but we also need our peers to keep pushing the envelope so that scaling usage is a bit more predictable from the get-go.
 
28/6/2016 13:19:27
WYX0S4MS6
Thats a smart way of looknig at the world.
 

Comente

Nome
E-mail
Comentário
Escreva a chave:
NUSP
 abaixo